Artigos

JMJ – Madrid “Está é a juventude do Papa!”

O tema da XXVI Jornada Mundial da Juventude, que aconteceu em Madrid entre os dias 16-21 de agosto deste ano, teve como tema um trecho retirado da Carta de São Paulo aos Colossenses, “Enraizados e edificados em Cristo, firmes na fé” (Cl 2,7).

Como em uma grande festa, a experiência da Jornada foi vivificante, renovadora e, ao mesmo tempo, desafiadora, pois se fez notória a diversidade a qual ela é composta, demonstrando assim sua verdadeira riqueza: a juventude firme na fé.

A Igreja nunca transpareceu tanta jovialidade como naqueles dias em Madrid. Eram várias as línguas mas que se entendiam por intermédio de um só coração, de uma só fé, que a cada momento se firmava mais diante do encontro com o Santo Padre. Diferente do que uma pequena porcentagem desinformada diz, a nossa Igreja não está envelhecendo, mas se perpetuando e repaginando-se a cada instante. Pude ver milhares de jovens lotarem Madrid para se colocarem aos pés do sucessor de Pedro, e atentos, escutando suas palavras, e motivados a seguirem prontamente os seus ensinamentos.

E nos momentos, mas difíceis, quando a chuva o obriga a parar por alguns instantes, todos nós, centenas de milhares, paramos e juntos rezamos, atentos e mais animados do que nunca; num segundo momento gritávamos: “Está é a juventude do Papa!”.

Dispostos a colocar em pratica tudo o que ouviram, viram e viveram durante a Jornada, estes jovens (nós! Porque me incluo também!!) são a prefiguração de uma Igreja que se faz igualitária na cruz cotidiana de um povo que sofre as conseqüências dos excessos, das ambições e das misérias causadas pelas grandes potências. Formação, informação, coerência, família solidificada na Palavra... Essas foram as grandes vertentes do tema que nos convida a cada dia mais, nos enraizarmos na fé por intermédio e auxílio da Igreja.

Somos uma energia nova, diversa e diferente. Queremos dar continuidade a essa Igreja que só nos remete à comunhão na grande fraternidade universal. Queremos cada dia mais nos solidificar na fé, e com muito vigor, trouxemos para nossas comunidades essa jovialidade e força capaz de mudar o rumo do mundo, de nossas comunidades, apresentando um Cristo jovem, atual capaz de transformar a cada um de nós em raízes propagadoras de uma fé sadia e jovial.

Seminarista Mateus Kerches Nicolucci
Graduando em Filosofia – 3º ano

Compartilhar
Artigos anteriores
Diaconado permanente: uma vocação Recomeçar firmes na fé e na vocação! “Se Deus quer a vocação, é Ele quem a sustenta” JMJ – Madrid “Está é a juventude do Papa!” Setembro: mês da Bíblia A Revelação e sua relação com o ser humano Agosto, mês das vocações "Chamai! Não tenhais medo de chamar!"
SAV - Diocese de Piracicaba
Contato:
Tel:
E-mail:
(19) 3256-5382 / (19) 3434-0960
contato@animavoc.com.br